ArquivoAntigo

Procure '

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013


Confesse.
O quê?
Você morre de saudades.
Não, não é assim.
Como é, então?
Eu vivo de saudades.”
Postar um comentário