ArquivoAntigo

Procure '

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Que sejamos doce, ao ponto que o tempo nunca amargue. Que a felicidade esteja em nós, de um jeito que a tristeza nunca estrague.
Postar um comentário