ArquivoAntigo

Procure '

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Fechei os olhos e pedi um favor ao vento: Leve tudo que for desnecessário. Ando cansado de bagagens pesadas. Daqui para frente apenas o que couber no bolso e no coração.
Postar um comentário